P2P-15

P2P Banking

Os pagamentos P2P deram origem a um tipo de empréstimo chamado de P2PL (Peer-to-Peer-Lending) ou EP2P(Empréstimos Pessoa-para-Pessoa), que permite pessoas assegurar ou emprestarem o seu dinheiro sem o uso de uma instituição oficial como intermediária.

Este tipo de pagamento não se encaixa em nenhuma dos três tipos tradicionais de instituições financeiras.
Só investidores, seguradoras ou entidade autorizada a receber depósitos.

As principais características desse meio de pagamento são:

  1. Obter Lucro
  2. Não é necessário elo comum ou relação prévia entre credores e devedores
  3. Intermediação por uma empresa de empréstimo peer-to-peer
  4. Transações ocorrem on-line
  5. Os credores podem escolher quais os mutuário a investir
  6. Os empréstimos são garantidos e não estão protegidos por um seguro de governo
  7. Empréstimos são títulos que podem ser vendidos a outros credores.

Vantagens e Críticas Taxas

Uma das principais vantagens dos empréstimos de pessoa para pessoa por devedores, tem sido a obtenção de melhores taxas de juros do que os Bancos Tradicionais podem oferecer (muitas vezes abaixo de 10 por cento). As vantagens para os credores são maiores os retornos do que a partir de uma conta de poupança ou outro investimento.

Risco de crédito

Atrai devedores que, devido à sua situação de crédito ou a falta de dos mesmos, não são qualificados para empréstimos Bancários Tradicionais. Com isso, investidores P2P intermediários começaram a cortar um grande número de candidatos e cobrar taxas de juro mais elevadas aos devedores de maior risco que são aprovados para receber seus empréstimos.

Protecção Governamental

Ao contrário do depósito de dinheiro nos Bancos, os credores P2P podem escolher se irão emprestar seu dinheiro a devedores mais seguros, com taxas de juros mais baixas ou aos devedores de maior risco com retornos mais elevados.
O empréstimo P2P é tratado legalmente nos Estados Unidos como investimento e reembolso, porém, no caso de devedor inadimplente, não é garantida a protecção pelo Governo Federal dos EUA da mesma forma que os depósitos Bancários.